Controlo de Emotividade e Gestão de Conflitos

Autor: Diogo André Andrade Barros

NºRegisto: 4079

Introdução:

No âmbito do final do curso de Técnico de Secretariado foi proposto pela
Escola Profissional Atlântico a todos os formandos abordar um tema
relacionado com o curso. Posto isto, escolhi falar sobre o controlo de
emotividade e gestão de conflitos.
Escolhi este tema porque na minha opinião é um tema pertinente, atual e
essencial para a área de secretariado, visto que nós enquanto secretários
temos de saber lidar com as nossas emoções e devemos saber como gerir
conflitos. Sabemos, que um conflito mal resolvido pode levar a
desentendimentos entre colegas e pode propagar-se a um nível em que não
conseguimos resolvê-los, criando um mal-estar entre colegas, no limite pode prejudicar o bom funcionamento de uma empresa.
Ao longo deste trabalho, pretendo fazer uma abordagem geral sobre o
tema referido e também sobre os vários tipos de liderança, e a influência que estes exercem sobres as empresas.
Por outro lado, pretendo transmitir a importância da gestão de conflitos e
identificar os tipos de conflitos existentes. Após identificarmos os conflitos temos de saber geri-los, para tal, devemos perceber a sua evolução ao longo dos tempos.
Ainda dentro deste trabalho, vou abordar o choque de gerações, visto
que, nos dias de hoje temos quatro gerações distintas, com formas diferentes de trabalhar de interagir e de aprendizagem, o que influencia algumas das vezes o relacionamento entre os colegas.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *